ANUNCIADA PARALISAÇÃO DA OBRA DA NOVA PONTE DO RIO GUAÍBA

2 de maio de 2016

Foto: Divulgação
As obras da nova ponte do Guaíba foram paralisadas nesta segunda-feira (02). O Consórcio Ponte do Guaíba, formado pelas empresas Queiroz Galvão S.A. e EGT Engenharia Ltda., deve demitir 500 trabalhadores até esta terça-feira (03) devido à falta de recursos para tocar o projeto.
Não há previsão para a retomada dos trabalhos, iniciados em outubro de 2014. O empreendimento, cuja previsão de inauguração é outubro de 2017, está 35% concluído. A ponte terá uma extensão de 12,3 quilômetros, com um total de cinco quilômetros de trecho em aterro e 7,3 quilômetros em obras de artes especiais (ponte sobre os canais navegáveis, elevada e viadutos).
Com 27 metros de largura nos vãos principais, a pista contará com duas faixas de rolamento com acostamento e refúgio central. O Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) prevê que 50 mil veículos utilizem a nova ponte diariamente.
Em fevereiro deste ano, mais de 200 trabalhadores da obra da nova ponte do Guaíba paralisaram as atividades por seis dias. Entre as reivindicações dos operários estavam aumento no vale-alimentação, melhorias na segurança do trabalho e transporte e auxílio médico.
Fonte:O SUL 

Ao Vivo - Rádio Carazinho