AS CHUVAS ESPERADA ATÉ JULHO PODERÃO OCASIONAR ENCHENTES NAS CIDADES RIBEIRINHAS DOS RIOS PARANÁ, PARAGUAI E URUGUAI

18 de fevereiro de 2016

Foto: Arnaldo Alves / ANPr 

Especialistas argentinos alertam, que as chuvas esperadas até julho poderão transbordar os rios Paraná, Paraguai -com seus afluentes- e o rio Uruguai.
Se o fenômeno de El Niño se comportar este ano como antecipam especialistas em ameaças naturais, nos próximos meses poderá haver mais de 100.000 pessoas atingidas três milhões de hectares inundados em seis províncias da Argentina pelas cheias dos rios Paraná y Paraguai.
Segundo eles, as chuvas em julho seria de 10 veces mayor que as última inundações e desborde dos rios Paraná, Paraguai -com seus afluentes- e o rio Uruguai..

O informe foi feito por uma equipe técnica da Secretaria de Proteção Civil y Abordagem Integral de Emergências e Catástrofes do Ministério de Segurança da Argentina, no final do mês passado na Casa di Governo. Foi a primeira reunião do gabinete nacional do Sistema Federal de Emergências (Sifem) desde sua criação, há 17 anos, segundo afirmou o jornal LA NACIÓN.


Os especialistas consideram que as próximas inundações poderiam ser piores que as registradas em 1983,em que, na Argentina 130.000 pessoas foram atingidas e evacuadas.


Créditos: Francisco Alves
Fonte: Jornal LA NACIÓN

Ao Vivo - Rádio Carazinho