Aylon sai do banco e garante vitória do Inter na Vila Belmiro

30 de maio de 2016

Foto: Ricardo Duarte
O Inter venceu o Santos por 1 a 0 na noite deste domingo na Vila Belmiro em jogo válido pela quarta rodada do Brasileirão. Após perder várias chances para abrir o placar, o Colorado conquistou a vitória com dois jogadores que saíram do banco de reservas. Aos 38 da etapa final, Alex bateu escanteio e Aylon subiu mais alto que a defesa do Peixe para, de cabeça, garantir o triunfo vermelho.
Com a vitória, o Inter vai aos mesmos 10 pontos do líder Grêmio, mas perde o primeiro lugar na tabela pelo saldo de gols. Já o Santos fica na parte de baixo da tabela com apenas quatro. Na próxima quarta-feira, às 19h30min, o time de Argel Fucks recebe o Atlético-PR no Beira-Rio. No mesmo dia, mas às 21h, o Santos vai ao Itaquerão encarar o Corinthians.
Argel abre mão dos três volantes e Inter é superior no primeiro tempo
O técnico Argel Fucks surpreendeu na escalação do Inter ao abrir mão de Anselmo e promover a entrada do jovem Gustavo Ferrareis. Apesar da troca de um volante por um meia, o posicionamento inicial do time foi mantido em relação aos últimos jogos. Ferrareis teve a missão de fechar a marcação pelo lado direito formando uma linha com Fernando Bob e Fabinho. À frente deles, Andrigo e Sasha atuaram com maior liberdade para encostar em Vitinho.
Apostando em um jogo de marcação forte e transições rápidas, o Inter foi perigoso ao longo de todo o primeiro tempo. Mesmo que não tenha feito nenhuma defesa mais difícil, Vanderlei teve grande participação nos primeiros 45 minutos. Diferente do rival, Danilo Fernandes apareceu pouco na partida na primeira etapa.
A primeira chande de gol do Inter na partida ocorreu aos 23 minutos, quando Ferrareis fez a jogada pela direita e cruzou para Andrigo, que bateu prensado com a zaga. O rebote ficou com Fabinho que chutou com efeito para defesa do camisa 1 santista.
Vanderlei voltou a aparecer bem aos 39. No que foi o melhor lance de ataque do Inter na primeira etapa, Gustavo Ferrareis invadiu a área e chutou para defesa do goleiro. O rebote foi em direção de Vitinho, mas, pela rapidez da bola, o atacante colorado não conseguiu finalizar. Vanderlei ainda apareceu bem aos 42, quando foi rápido na saída de gol e ficou com a bola após jogada individual de Sasha.
Inter acumula oportunidades perdidas
Satisfeito com a atuação do time, Argel voltou para o segundo tempo sem mudanças. No Santos, Dorival Júnior sacou Rafael Longuine e mandou Ronaldo Mendes para o campo. O Peixe até tentou exercer uma pressão no início da etapa final, mas rapidamente o Inter retomou o controle do jogo.
Novamente com transições rápidas pelo lado do campo, o Inter voltou a ameaçar o gol de Vanderlei. E foram duas ótimas chances em jogadas criadas por Vitinho antes dos 10 minutos. Na primeira, aos 6, ele chutou e sobrou para Andrigo, que finalizou e a bola, que tinha direção do gol, bateu em Zeca. Na sequência, aos 9, Vitinho serviu Ferrareis, que, já sem goleiro, deu o carrinho, mas errou o tempo da bola e perdeu a chance de abrir o placar por questão de um segundo.
Mas a oportunidade mais clara de gol veio aos 15 minutos. Dessa vez a jogada foi pela direita, em cruzamento para Andrigo. O meia colorado chegou livre para finalizar, mas mandou longe do gol. Aos 22 minutos, Argel optou por mexer no time. Alex entrou no lugar de Andrigo. No Santos, Lucas Crispim ingressou na vaga de Paulinho, de atuação apagada.
O Inter acabou diminuindo o ritmo após a saída de Andrigo. O Colorado ainda viu o adversário criar uma grande chance para marcar aos 35 minutos quando Matheus Nolasco saiu na frende de Danilo Fernandes, mas foi parado por uma excelente defesa do goleiro colorado.
Aylon sai do banco e garante vitória colorada
Logo depois, Argel fez a segunda mudança na equipe. Aylon entrou no lugar de Vitinho. A troca se mostrou acertada no minuto seguinte. Aos 38, Alex bateu escanteio e Aylon antecipou para cabecear sem chances para Vanderlei. O Santos ainda teve chance para empatar aos 41 minutos, porém Danilo Fernandes mais uma vez apareceu bem para defender o chute de Ronaldo Mendes. O Inter respondeu aos 44 em jogada de William, que serviu Aylon, mas o atacante colorado – livre – perdeu a chance na frente de Vanderlei. Dessa vez, não fez falta e o Inter saiu da Vila Belmiro com três pontos a mais.
Brasileirão – 4ª Rodada
Santos 0
Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Luiz Felipe e Zeca; Thiago Maia, Renato, Vitor Bueno, Rafael Longuine (Ronaldo Mendes) e Paulinho (Lucas Crispim); Joel (Matheus Nolasco). Técnico: Dorival Júnior.
Inter 1
Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Artur; Fernando Bob, Fabinho, Gustavo Ferrareis (Anselmo) e Andrigo (Alex); Vitinho (Aylon) e Sasha. Técnico: Argel Fucks.
Gol: Aylon (38min/2ºT)
Cartões amarelos: Luis Felipe (SAN); William (INT)
Árbitro: André de Castro
Local: Vila Belmiro.(Correio do Povo)

Ao Vivo - Rádio Carazinho