Aylton promete secretaria de Obras muito atuante em Carazinho

21 de novembro de 2016

Tags:Carazinho
Foto: DM
Ex-prefeito garante estar muito bem preparado para assumir novamente a função que exerceu no governo de Iron Albuquerque e Marco Simon. Ele revela alguns projetos que terão prioridade em sua Pasta, entre eles a compra de mais 400 contêineres para o lixo e a implantação de um moderno sistema de iluminação pública em um trecho da Av. Flores da Cunha

O Jornal Diário da Manhã, em parceria com a Rádio Diário AM 780 inicia nessa edição uma série de reportagens com os secretários municipais que farão parte da administração do prefeito Milton Schmitz e do vice Fernando Sant’Anna de Moraes, os quais falam sobre suas metas, a partir de 1° de janeiro do ano que vem, e as projeções do novo governo. O primeiro entrevistado é o ex-prefeito Aylton Magalhães, que ocupará a secretaria municipal de Obras, função que exerceu no governo do prefeito Iron Albuquerque e do vice-prefeito Marco Aurélio Simon. “Para mim é um prazer poder voltar à secretaria de Obras. É lógico, que a gente que já foi duas vezes prefeito, voltar agora para ser um secretário, é preciso ter uma certeza muito grande do nosso comportamento. Acho que o ser humano tem que saber lidar com isso. Hoje pode estar prefeito, amanhã pode ser secretário, e às vezes tem que ficar fora, porque a democracia é assim, né? Então, eu tenho um prazer muito grande em poder voltar para a secretaria de Obras”, enfatiza.

Aylton que ficou conhecido popularmente como o “Tocador de Obras”, afirma que sua função será colocar o governo municipal nas ruas. “Tudo que acontecer no Planejamento, nos gabinetes, na Fazenda, e nos demais setores da administração, vai aparecer com mais ênfase, no momento em que começarmos a colocar as máquinas e nossa equipe a trabalhar e mostrar para a comunidade que estaremos fazendo aquilo que o governo do prefeito Milton Schmitz está nos dando a oportunidade de realizar. Eu serei um secretário que irá ouvir muito o prefeito Milton; o vice Fernando e acima de tudo, levar a minha experiência de quem começou lá nas Obras, no governo Iron e Marco”, assegura. “Eu sempre tive mesmo essa aptidão, mesmo quando prefeito, mais pelas Obras do que por qualquer outro setor. Para mim, essa secretaria é uma espécie de paixão. É muito bom você ver uma rua sair do estado de poeira ou barro, para calçamento ou asfalto. Então, você realiza sonhos, quando executa esse trabalho para a população”, argumenta.

PROJETO PREVÊ A COMPRA DE MAIS 400 CONTÊINERES PARA O LIXO

Aylton destaca que logo ao assumir, vai adequar o orçamento da sua Pasta. Ele comemora o fato da coligação ter eleito sete vereadores e ter outros parlamentares que também estão dispostos a ajudar a administração municipal a ter maioria nos grandes projetos ou até mesmo para aprovação da transferência de verbas de um setor para outro. “Pelo que sei, extraoficialmente, nós vamos ter verbas para um trabalho de asfaltamento, que inicialmente seria de reperfilagem das ruas centrais, começando pela Avenida Flores da Cunha, lá no Trevo Leonel de Moura Brizola (Trevo do Baixinho) vindo pela Estação Rodoviária, que está um fiasco, em direção ao centro. Faltou alguém olhar isso nesse governo e lembrar que ali é uma das entradas da cidade. Principalmente esse trecho da entrada Norte, da BierSite para cá, está necessitando de um novo asfalto, de um visual novo”, critica o futuro secretário, salientando que o prefeito Milton já lhe deu respaldo para isso. “Vamos mostrar na rua essas ideias que a gente discutiu durante a campanha e que eu, com muita honra serei o secretário, buscando fazer tudo aquilo que prometemos no período eleitoral. Logicamente que isso não será feito tudo no primeiro dia ou no primeiro ano, mas temos um plano para fazer isso, além de reperfilagem, de asfalto novo, de calçamento, de também fazer obras terceirizadas”, assegura.

Aylton ressalta que as obras não irão se limitar às questões de pavimentação. Ele garante que já foi informado sobre a existência de uma verba para compra de mais contêineres para recolhimento do lixo. “Esse também é um desejo do prefeito Milton Schmitz, de compramos no mínimo mais 400 contêineres, que é um cálculo que fiz, como secretário de Obras. Esse é o volume que precisamos para colocar em toda a cidade. Não vamos poder comprar todos na primeira pegada, mas existe uma verba de uma negociação que eu fiz ainda quando prefeito, entre o Município e a Corsan. Existe um Fundo que é alimentado. A primeira coisa que vamos fazer é o processo de licitação, para comprar mais contêineres, porque achamos que essa é a melhor alternativa para a limpeza da cidade, nessa questão do lixo”, justifica.
O futuro secretário de Obras revela que possui uma lista com mais de 100 quadras de ruas, que pretende realizar melhorias em curto prazo, tão logo assuma. “Acho que algumas coisas já podem ser feitas no primeiro ano. Eu não quero fazer críticas ao governo que está terminando, mas não posso deixar de dizer que a cidade está esburacada, com mau cheiro nas esquinas; com sangas e riachos que são problemáticos nos dias de chuva, além do problema maior do lixo, com muitos entulhos nos bairros e no centro. Vamos ter que fazer um trabalho, inclusive de conscientização da comunidade, mas trabalharemos com dedicação, inclusive aproveitando as máquinas boas que o prefeito Renato Süss adquiriu”, pondera. “Quero deixar um recado para o pessoal do interior de que vou estar também ao lado do secretário de Agricultura, para acompanhar as melhorias nas estradas e depois uma equipe permanente para fazer a conservação dessas vias”, pela Prefeitura.
Aylton também revela outros projetos importantes que devem ser executados, como a modernização do centro da cidade, “com a implantação de uma nova iluminação pública e me parece que já existe verba para isso, do Bradesco até a Delegacia de Polícia, dos dois lados. Vamos colocar postes modernos, com duas luminárias, uma mais acima, para iluminar a pista e a de baixo para iluminar a calçada, semelhante à Avenida Beira-Rio, em Porto Alegre. Vai ficar muito bonito”, prevê.
Para evitar que o trânsito ao redor da Praça Albino Hillebrand fique fechado na realização de eventos, que ocorrem com muita frequência nos finais de semana, e também nos dias de trabalho, Aylton pretende fazer uma obra do Altar da Pátria até a frente da Igreja Matriz Nosso Senhor Bom Jesus, uma espécie de calçadão, com a infraestrutura para fazer eventos e a praça central ser melhor aproveitada pelo povo. “Vamos melhorar o visual, com a sinalização de trânsito certa, placas indicativas e de pista, canteiros bem cuidados, que terão flores e os cordões serão pintados em verde e cinza, para destacar a marca do Milton e Fernando”, anuncia.(Diário AM)

Ao Vivo - Rádio Carazinho