Bancários começam greve no Rio Grande do Sul nesta terça

6 de setembro de 2016

Foto: André Ávila
Por tempo indeterminado, começa nesta terça-feira greve geral em bancos públicos e privados. O movimento envolve 12,5 mil bancários de Porto Alegre e Região Metropolitana, onde estão 400 agências, e mais 37 municípios do RS nos quais a paralisação foi aprovada. Por ser nacional a greve ocorre, por decisão de assembleias, em capitais e várias cidades de estados como Alagoas, Bahia, Ceará, Espirito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Pernambuco, Pará, Rio de Janeiro, São Paulo, Sergipe e Tocantis.
Não houve avanço da proposta da Federação Nacional dos Bancários (Fenaban). Conforme o presidente do SindBancários, Everton Gimenis, os bancos oferecem 6.5% de reajuste salarial de 6,5% e abono de R$ 3 mil. A inflação acumulada no período, foi de 9,55%. Os bancários pedem 14,78% (inflação mais 5 de ganho real) sobre o piso salarial e em todas as verbas, como vale, auxílio, e Participãção nos Lucros e Resultados (PLR).
Pela manhã a mobilização será em frente às agências dos bancos. Faixas de protesto serão levadas aos locais. No primeiro semestre de 2016 foi de R$ 29,7 bilhões o lucro dos cinco maiores bancos do país: Brasil, Bradesco, Caixa, Itaú e Santander, afirmam o SindBancários e Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Instituições Financeiras (Fetrafi-RS), Os bancários pedem a compreensão da população e às 16h farão assembleia de avaliação.(Correio do Povo)

Ao Vivo - Rádio Carazinho