BANCO CENTRAL INDICA QUE ECONOMIA BRASILEIRA TEVE EM 2015 RETRAÇÃO DE 4,1%

19 de fevereiro de 2016

Foto: AFP
A economia brasileira fechou 2015 com retração de 4,1%, de acordo com o IBC-Br (Índice de Atividade Econômica do Banco Central), divulgado nessa quinta-feira. Somente no quarto trimestre do ano, a queda foi de 1,9% em relação aos três meses anteriores.
Em dezembro, o IBC-Br teve queda de 0,52% em relação ao mês anterior, décimo mês seguido de retração. No ano passado, só houve alta em fevereiro, nesse tipo de comparação.
No acumulado em 12 meses, a economia apresenta retração desde novembro de 2014, segundo o indicador do BC (Banco Central).
A estimativa do mercado para o PIB (Produto Interno Bruto) de 2015 é uma queda de 3,8%. Para 2016, retração de 3,3%.
O indicador do BC serve como referência para avaliar o ritmo da economia brasileira ao longo dos meses. Entre os dados que influenciam o cálculo estão as pesquisas mensais da indústria, do comércio e do setor de serviços do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).
O IBC-Br também tem alguma influência sobre as projeções do mercado financeiro para o PIB, embora não possa ser considerado como uma prévia desse indicador, que é divulgado trimestralmente e tem outra metodologia de cálculo. O PIB de 2015 será conhecido no dia 3 de março. 
Fonte:O SUL 

Ao Vivo - Rádio Carazinho