BR-290 PODERÁ SER DUPLICADA MAS PARA ISSO DEVERÁ SER PEDAGIADA

2 de março de 2016

Foto: Divulgação

O Assunto que ganhará atenção especial do Secretário Pedro Westphalen, nos próximos dias, diz respeito a reforçar com o Ministério dos Transportes, a solicitação já encaminhada pelo próprio Governador Sartori e constantemente relembrada pelo Deputado Frederico Antunes: a inclusão da BR-290, no Plano de Concessões de Rodovias, do Governo Federal, à iniciativa privada.
Frederico Antunes lembrou que as obras do trecho entre Eldorado do Sul e Pantano Grande, ficaram de fora da segunda fase do programa.

“Além disso, fomos informados no ano passado pela superintendência regional DNIT, que já estavam em andamento os Estudos de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA), para as obras necessárias entre Pantano Grande e Uruguaiana, o que poderá resultar na duplicação. Porém, até agora, estas análises não foram divulgadas”, disse o parlamentar.


O Secretário explicou ao parlamentares presentes, que um dos principais argumentos para que serão apresentados ao Governo Federal, durante a próxima reunião este mês, em Brasília, refere-se à estratégia de interligação dos modais rodoviário, ferroviário e hidroviário, para a redução do custo logístico das importações e exportações gaúchas.

A BR-290, também conhecida como o Corredor do Mercosul, é a maior rodovia do Estado, com 726 km de extensão e liga o território de Leste a Oeste, na fronteira com a Argentina.

Fonte: Radio Charrua

Ao Vivo - Rádio Carazinho