BRASIL EMPATA COM O PARAGUAI EM 2 A 2 NAS ELIMINATÓRIAS

30 de março de 2016

 Foto: Mario Valdez
A Seleção Brasileira viveu uma noite de horrores nesta terça-feira (29) contra o Paraguai, em Assunção, em duelo da sexta rodada das Eliminatórias Sul-Americanas. O time de Dunga chegou a estar perdendo por 2 a 0, mas reagiu e empatou por 2 a 2, no Defensores del Chaco. Agora, o Brasil ocupa o sexto lugar na tabela, com 9 pontos. Os paraguaios estão no sétimo posto, com 9 também.
O Uruguai é o novo líder (13 pontos), seguido por Equador (13), Argentina (11), Chile (10) e Colômbia (10). O Brasil volta a campo apenas no dia 2 de setembro contra o Equador, fora de casa.
O primeiro tempo já mostrou o que seria o duelo. Aos 3 minutos, Willian mandou uma bomba por cima com certo perigo. Mas foram os paraguaios que acertaram a trave aos 18min depois de cabeceio de Edgar Benítez. No rebote, Ortíz concluiu a bola na zaga brasileira.
Livre na área, Gómez soltou um foguete à queima-roupa na cara de Alisson. O goleiro colorado salvou a Seleção.
O Brasil só respondeu aos 28min, após cruzamento de Willian da direita. Ricardo Oliveira aproveitou e acertou a bola no travessão.
A coisa estava feia, e Miranda dominou a bola no braço dentro da área, mas o árbitro disse que foi no ombro e não marcou pênalti claro para os donos da casa.
O primeiro gol saiu aos 40min, após Edgar Benítez avançar nas costas de Daniel Alves, cruzar e Roque Santa Cruz deixar a bola passar para Lezcano fuzilar.
Segundo tempo
O Brasil voltou do intervalo com Hulk no lugar de Fernandinho, mas tomou o segundo gol logo aos 3 minutos. Benítez chutou de esquerda depois de jogada de Roque Santa Cruz, que envolveu os marcadores.
Aos 17min, Gil saltou e cabeceou para o gol, mas o juiz viu falta do jogador e anulou o tento corretamente.
A Seleção encontrou o primeiro gol aos 34min. Hulk mandou um balaço a gol, Villar deu rebote e Ricardo Oliveira chutou para descontar.
Nos acréscimos da partida, Daniel Alves empatou e salvou a equipe da derrota depois de passe de Willian. Que sufoco!
PARAGUAI 2
Villar; Da Silva, Aguilar, Gómez e Samudio; Ortíz (Jonathan Santana), Ortigoza, Derlis González e Edgar Benítez; Jorge Benítez (Roque Santa Cruz) e Lezcano (Iturbe). Técnico: Ramón Díaz.
BRASIL 2
Alisson; Daniel Alves, Gil, Miranda e Filipe Luís; Luiz Gustavo (Lucas Lima); Fernandinho (Hulk), Willian, Renato Augusto e Douglas Costa; Ricardo Oliveira (Jonas). Técnico: Dunga.
Local: Estádio Defensores del Chaco, em Assunção (Paraguai). Arbitragem: Wilmar Roldán, com Alexander Guzmán Bonilla e Cristian De la Cruz Achicanoy (trio da Colômbia). Cartões amarelos: Gómez, Samudio e Villar (PAR); Miranda (BRA). Gols: Lezcano (40min/1°T) e Edgar Benítez (3min/2°T); Ricardo Oliveira (34min/2°T) e Daniel Alves (47min/2°T).
Fonte:O SUL 

Ao Vivo - Rádio Carazinho