Chefe de Polícia recebe alta após acidente que matou comissário em Rio Grande

9 de dezembro de 2016

Foto: Alina Souza
Depois de oito dias internado, o chefe de Polícia do Rio Grande do Sul, delegado Emerson Wendt, recebeu alta, nesta quinta-feira, da Associação de Caridade Santa Casa do Rio Grande, na Metade Sul. Ele sofreu fratura de costela em um acidente entre um carro e um caminhão ocorrido na quarta-feira retrasada na ERS 734. Na colisão, o comissário Rogério Luís Decarli acabou morrendo.
O grupo seguia para o Cassino após participar de uma cerimônia em homenagem à Marinha do Brasil. O delegado aposentado Carlos Joaquim Guedes Rezende e o inspetor Leonardo Grossini Monteiro permanecem com quadro estável de saúde, ainda em recuperação. Rezende previa receber alta, também hoje, e Monteiro teve de passar por uma segunda cirurgia. Não há previsão para que Wendt volte ao trabalho. Até lá, o subchefe de Polícia, delegado Leonel Carivalli, assume as funções de chefia.(Correio do Povo)

Ao Vivo - Rádio Carazinho