CRESCE REJEIÇÃO AO EX-PRESIDENTE LULA, APONTA DATAFOLHA

1 de março de 2016

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebon/ABr

Pesquisa feita pelo Instituto Datafolha revelou que cresceu a rejeição ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo o levantamento divulgado nessa segunda-feira, 49% dos eleitores declararam que não votam de jeito nenhum em Lula em 2018. Em novembro do ano passado, essa opinião era de 47% do eleitorado. Em dezembro, subiu um ponto, passando para 48%.
O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), é o segundo em rejeição, com 23%. O vice-presidente Michel Temer (PMDB) aparece com 21%.
Em quatro cenários eleitorais pesquisados, onde os entrevistados responderam em quem votariam para presidente da República, Aécio Neves lidera com 24%. Lula (PT) e Marina Silva (Rede) empatam tecnicamente, com 20% e 19%, respectivamente. Na pesquisa anterior, Aécio estava com 27%.
Já em um cenário com o também tucano Geraldo Alckmin, quem lidera é Marina Silva, com 23%. O ex-presidente tem 20% enquanto o atual governador de São Paulo tem 12%.
O levantamento foi realizado nos dias 24 e 25 de fevereiro, em 171 municípios, com 2.768 entrevistados. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.



No último sábado, outra pesquisa do instituto mostrou que a maior parte dos brasileiros acredita que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi beneficiado por construtoras na reforma de um apartamento triplex no Guarujá (SP) e também pelas benfeitorias realizadas em um sítio em Atibaia (SP). Para os entrevistados, em troca desses favores, as companhias teriam recebido ajuda do ex-presidente. 
Fonte: AG

Ao Vivo - Rádio Carazinho