Dinheiro da Lava-Jato até no Carnaval de Uruguaiana

7 de julho de 2016

Tags:Uruguaiana
Madrinha da bateria da escola de samba Estado Maior da Restinga, de Porto Alegre, Viviane Rodrigues confirmou ter recebido valores por determinação do ex-deputado federal e ex-tesoureiro do PT Paulo Ferreira, que está preso e é alvo de duas investigações da Polícia Federal e do Ministério Público Federal, sendo uma delas a Operação Lava-Jato.
Viviane admitiu que, em 2010, atendendo a pedido do petista, levou um envelope com dinheiro para agremiações do Carnaval de Uruguaiana. Ela disse desconhecer o montante enviado porque estava “lacrado em um envelope” que ela não abriu.
— Ele disse que era um trabalho que o pessoal estava fazendo. Que era um pagamento. Eu cheguei lá e passei para a pessoa para quem ele mandou entregar. E foi só isso. O que fizeram, eu não sei. Sou empregada dele, estava cumprindo ordens do meu patrão. Não nego, aconteceu — descreveu.
Fonte: Diário Gaúcho

Ao Vivo - Rádio Carazinho