Fósseis descobertos no Estado dão pistas sobre origem dos dinossauros

11 de novembro de 2016

Foto: Divulgação
Pesquisadores de universidades brasileiras e do exterior divulgaram nesta quinta-feira (10) a descoberta de dois fósseis de 230 milhões de anos, no município de São João do Polêsine, no Centro do Rio Grande do Sul.
Os dois esqueletos praticamente completos foram localizados na mesma escavação. A espécie de dinossauro descoberta foi o Buriolestes schultzi, um carnívoro com crânio de 13 centímetros e corpo com mais ou menos 1,5 m de comprimento. O outro animal é o Ixalerpeton polesinensis, um pequeno bípede.
Segundo o professor da Universidade de São Paulo e integrante da equipe que realizou o estudo, Max Cardoso Langer, a pesquisa traz novas informações sobre a origem dos dinossauros.
“Com esse material é possível dizer que os dinossauros e seus precursores viveram lado a lado, e que a ascensão dos dinossauros foi mais gradual, não uma rápida explosão de diversidade, levando outros animais da época à extinção”, explica.
As primeiras análises da descoberta foram publicadas hoje, 10 de novembro, na revista Current Biology – Cell.(Lucas Abati/Rádio Gaúcha)

Ao Vivo - Rádio Carazinho