Colômbia vence, avança às quartas e complica o Paraguai no Grupo A

8 de junho de 2016

Foto:Reprodução
A Colômbia assegurou na noite dessa terça-feira a classificação às quartas de final da Copa América Centenário. A equipe venceu o Paraguai por 2 a 1, no estádio Rose Bowl, em Pasadena, e alcançou os seis pontos no Grupo A do torneio. Com a vantagem, os colombianos eliminam a possibilidade de serem ultrapassados por dois adversários na rodada final da chave.

A vantagem colombiana foi toda construída no primeiro tempo. Reserva no Real Madrid, o meia James Rodríguez teve uma atuação de destaque com a camisa 10 da Colômbia. Ele deu a assistência para que Bacca anotasse o primeiro gol, aos 11 minutos, e deixou a sua marca com um chute cruzado, aos 29. Ayala, com um golaço de fora da área, descontou para os paraguaios, aos 25 da etapa complementar.

Quem também teve uma atuação inspirada foi o goleiro colombiano Ospina, que impediu os rivais de correrem atrás do empate. Com um ponto somado – dois a menos que os Estados Unidos – os paraguaios terminaram a segunda rodada na terceira posição da chave.
A Colômbia tentará garantir a primeira colocação do Grupo A no próximo sábado, contra a Costa Rica, em Houston. Já o Paraguai precisará jogar a vida contra a seleção dos Estados Unidos. O time do técnico Ramón Diaz terá que vencer os norte-americanos se quiser continuar na Copa América. A partida também será no sábado, na Filadélfia.
O Jogo – A Colômbia não permitiu que o Paraguai se organizasse na partida. Aos nove minutos, na primeira chance de gol, o meia James Rodríguez aproveitou sobra na entrada da área e chutou por cima do gol. Na sequência, aos 11, o armador do Real Madrid cobrou escanteio na medida para Bacca cabecear fora do alcance do goleiro Villar.
Com o gol, os colombianos ampliaram o domínio e infernizaram a vida da zaga paraguaia. Aos 16, James recebeu de Díaz dentro da área e exigiu uma defesa de Villar ao finalizar com força, no centro do gol. Impossível, o camisa 10 não desperdiçou a nova chance que teve.
Aos 29, Bacca tocou para Cardona na entrada da área, mas o atleta se enrolou com a bola e preferiu tocar para a esquerda. James teve calma para dominar a bola e chutar cruzado para anotar o segundo gol dos colombianos.
A resposta paraguaia saiu por meio de uma cobrança de falta, aos 33 minutos. O zagueiro Paulo da Silva desviou o cruzamento de Romero para as redes, mas teve o gol invalidado após o auxiliar assinalar um impedimento no lance – de forma correta. Logo na sequência, Cardona acionou Bacca com um passe da vindo da esquerda, mas o atacante desperdiçou a chance ao finalizar sem direção.
O Paraguai quis esboçar uma reação nos minutos finais da etapa inicial. Romero, aos 43, cobrou uma falta perigosa e obrigou o goleiro Ospina a praticar a defesa para evitar o gol. No último lance do primeiro tempo, aos 49, Lezcano bateu outra falta que assustou o arqueiro. Ospina conseguiu resvalar o tiro e contou com um desvio no travessão para evitar o gol adversário.
O segundo tempo adquiriu um ritmo mais lento do que a etapa inicial. A primeira chance saiu só com 16 minutos, após Ayala cobrar escanteio para Romero cabecear. O goleiro Ospina voltou a trabalhar e impediu o gol com uma defesa de puro reflexo.
A Colômbia reclamou de um pênalti que teria sido cometido em cima de Celis, aos 24, mas o árbitro brasileiro Heber Roberto Lopes ignorou os protestos. No minuto seguinte, Ayala aproveitou uma desatenção de um zagueiro adversário e mandou um chute de muito longe. A bola ganhou altura, saiu do alcance de Ospina e morreu no fundo das redes.
O jogo ficou ainda mais favorável para a Colômbia aos 36 minutos. Romero, que havia recebido um cartão amarelo aos 34, cometeu uma falta infantil no meio-campo e recebeu uma segunda advertência. Com a expulsão do jogador rival, os colombianos foram para cima e acertaram a trave de Villar, em chute cruzado de Cardona.
Aos 42, Sanabria finalizou de dentro da área e só não marcou porque a bola explodiu na marcação rival. A resposta, já no minuto seguinte, saiu após Bacca driblar Villar e tocar sem força, permitindo que Gómez afastasse o perigo. Sem mais chances de gol, a Colômbia pôde respirar aliviada e comemorar a classificação à próxima fase.
FICHA TÉCNICA 
COLÔMBIA 2 X 1 PARAGUAI
Local: Estádio Rose Bowl, em Pasadena (EUA) 
Data: 07 de junho de 216, terça-feira 
Horário: 23h30min (de Brasília) 
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Brasil) 
Assistentes: Kleber Lúcio Gil e Bruno Boschilia (ambos do Brasil) 
Cartões amarelos: Murillo (Colômbia); Lezcano e Romero (Paraguai) 
Cartão vermelho: Romero (Paraguai)
GOLS: 
COLÔMBIA: Bacca, aos 11 minutos do primeiro tempo e James Rodríguez, 29 do primeiro tempo 
PARAGUAI: Ayala, aos 25 minutos do segundo tempo
COLÔMBIA: Ospina; Santiago Arias, Murillo, Zapata (Yerri Mina) e Farid Díaz; Daniel Torres, Pérez (Celis), Cuadrado (Marlos Moreno), James Rodríguez e Cardona; Carlos Bacca 
Técnico: José Pékerman
PARAGUAI: Villar; Bruno Valdez, Paulo da Silva, Gómez e Samudio; Ortiz, Piris (Ayala), Almirón e Romero ; Lezcano (Sanabria) e Edgar Benítez (Jorge Benítez) 
Técnico: Ramón Díaz.(Gazeta Esportiva)

Ao Vivo - Rádio Carazinho