GOVERNO AMPLIA PRAZO DE VALIDADE DE RECEITAS DO PROGRAMA FARMÁCIA POPULAR

12 de fevereiro de 2016

 Foto: Banco de Dados
A notícia é importante para quem usa o programa Farmácia Popular, do governo. A validade das receitas para retirar os medicamentos será estendida. O prazo passou de quatro para seis meses. Fazem parte da iniciativa remédios para tratar hipertensão, diabetes e asma.
A pensionista Neli Santos aprovou a mudança. “Eu acho bom, pois poupa a gente de ir no doutor. Sempre tem trabalho em casa, tem que cuidar dos netos, então ajudará bastante”, disse.
O programa é mantido pelo Ministério da Saúde e foi criado em 2004. A nova regra vale para 14 tipos de fármacos, que são gratuitos no programa, e também outros cem itens, que são subsidiados pelo governo no momento da compra.
A receita deverá conter as mesmas exigências anteriores, como dados do paciente e endereço. “Ela vale a partir da data de prescrição, são seis meses, então se o paciente, por algum motivo, não retirar o medicamento em determinado mês, ele perderá esse direito. Não são seis retiradas, a receita vale por 180 dias com base na data da prescrição”, explicou a coordenadora da Assistência Farmacêutica, Débora Tauffer.
O prazo aumentado para a receita vale para as farmácias públicas e também para as privadas, que são credenciadas ao programa. A iniciativa ainda oferece 11 itens com preços até 90% mais baratos, usados no tratamento de dislipidemia, rinite, mal de Parkinson, osteoporose e glaucoma. (AG)
Fonte:O Sul

Ao Vivo - Rádio Carazinho