GOVERNO DO URUGUAI BUSCA SAÍDAS PARA ALIVIAR A DIVÍDA DA VENEZUELA COM PRODUTORES DE LEITE URUGUAIOS

22 de fevereiro de 2016

Foto: Divulgação

Após uma nova sessão do Conselho de Ministros, o ministro da Pecuária do Uruguai, Tabaré Aguerre, disse que há uma decisão política de encontrar instrumentos para recompor a dívida de US$ 100 milhões que a Venezuela tem com a indústria de lácteos uruguaia. “Vamos recompor o fluxo de receitas que teria sido cumprido se a Venezuela tivesse pago”. Nesse sentido, ele disse que está trabalhando junto com o Ministério da Economia e Finanças (MEF) para impedir a queda do fluxo financeiro das empresas de lácteos. “Evidentemente, houve atraso no cumprimento dos pagamentos e há necessidade de encontrar uma solução que impeça a queda do fluxo financeiro dessas empresas. Portanto, nas próximas 48 horas trabalharemos para encontrar um mecanismo que possa encontrar uma solução para o setor”.
A indústria de lácteos do Uruguai enfrenta um contexto delicado que, além dos problemas para receber pelas vendas à Venezuela, enfrenta baixos preços internacionais e dificuldades em colocar a produção no mercado. Para Aguerre, a situação do setor “é complexa a nível internacional”, já que hoje em dia, o leite “vale 40% do que valia há dois anos”.
Fonte: El Observador

Ao Vivo - Rádio Carazinho