GOVERNO FEDERAL QUER RETIRAR MORADORES DE ÁREAS SOB RISCO DE ENCHENTES NO RS

29 de dezembro de 2015

A presidenta Dilma Rousseff afirmou que o governo federal trabalhará em três eixos para minimizar os estragos das cheias provocadas pela chuva no Rio Grande do Sul: o resgate das famílias atingidas, o processo de restauração das cidades e das vias, e a retirada das pessoas das áreas de risco de forma permanente. A declaração foi feita após Dilma sobrevoar os locais atingidos na região de Uruguaiana, na Fronteira Oeste do Estado.
A presidenta disse também que o governo está operando para liberar o saque do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) a todas as pessoas afetadas pela calamidade no Sul do País, e enalteceu o trabalho conjunto entre os governos federal, estadual e municipal. “É muito importante também para a rapidez da ação que haja essa integração entre Estado, município e o governo federal, para que as coisas sejam facilitadas, para que sejam mais rápidas, que as pessoas sejam atendidas e que possam retornar a sua tranquilidade”, declarou.
Segundo Dilma, a situação é difícil, principalmente nessa época do ano, em que as famílias estão celebrando o Natal e se preparando para a passagem do ano. “Esse momento é um gesto que todos nós temos de fazer. As pessoas precisam, estão tristes, estão sofrendo, então têm de ser atendidas com rapidez”. Antes de conversar com a imprensa, a presidenta se reuniu com ministros, representantes do governo do Estado e prefeitos da região.

Ao Vivo - Rádio Carazinho