GRÊMIO EMPATA COM O JUVENTUDE EM 2 A 2 NOS ACRÉSCIMOS

4 de abril de 2016

 Foto: Guilherme Testa
O Grêmio buscou um empate nos acréscimos, neste domingo contra o Juventude. Escapou de perder em plena Arena após uma partida ruim. Apesar de sair na frente no placar, cometeu muitos erros, e acabou sofrendo a virada. Mas uma bola parada, aos 50 minutos, salvou o dia, igualando o placar em 2 a 2 no confronto pela 13ª rodada do Gauchão.
Empatar a partida não alterou a liderança dos gremistas, que fecharam a chave com 29 pontos. O Juventude chegou aos 23 pontos e permaneceu no quarto lugar. Nas quartas de final, o Grêmio enfrentará o Brasil de Pelotas, na Arena, enquanto o Juventude encara o Ypiranga, em Caxias.

Gol logo cedo
Logo aos três minutos, uma jogada rápida do Grêmio desmontou a marcação do Juventude. Maicon lançou Wallace Oliveira, que deixou Bobô livre. O centroavante chutou forte, para defesa do goleiro Douglas, mas sobrou para o Douglas do Grêmio aparecer como centroavante e anotar o 1 a 0.
Os comandados de Roger perderam a chance de ampliar aos 16 minutos. Maicon recebeu passe de Giuliano na cara do gol, mas chutou rasteiro em cima de Douglas. No contragolpe, Hugo abriu bola com Helber na direita. Ele cruzou na entrada da área, mas Roberson furou em bola.
No lance seguinte, um golaço botou 1 a 1 no placar. Hugo deu um chapéu em Bobô e cruzou na pequena área. Bruno Grassi bateu roupa e a bola sobrou para Bruno Ribeiro. Após driblar um marcador, ele chutou cruzado, com efeito e bola rebateu na trave direita antes de morrer no fundo do gol.
Na tentativa do desempate, o Grêmio perdeu outras duas boas chances. Primeiro, Giuliano perdeu após receber passe na marca do pênalti. Com todas as condições, ele isolou por cima. Depois, Giuliano é que lançou Bobô de frente para o crime, o camisa 13 chutou cruzado, mas errou a mira, tirando tinta do poste direito.
Castigo e virada nos pés de Hugo
Ao contrário da primeira, a segunda etapa começou da pior forma possível para o Tricolor. Aos cinco minutos, Wallace Oliveira colocou a mão na bola ao tentar tirar de carrinho e o pênalti foi marcado. Hugo bateu firme no canto esquerdo, Bruno Grassi saltou certo, mas não alcançou. Virada do Juventude para 2 a 1.
O Grêmio tentou reagir com Douglas, que chutou de fora da área, porém o goleiro do Juventude espalmou. Em seguida, Luan, numa jornada ruim, perdeu chance na meia-lua, chutando fraco e torto para tiro de meta. Ele voltou a receber bola na área aos 22 minutos, mas chutou em cima de Douglas, que espalmou.
Enquanto o Tricolor desperdiçava, o Juventude voltou a ameaçar com Hugo. Roberson driblou Maicon e rolou para o meia que bateu forte para defesa de Bruno Grassi. Roger tirou Douglas e Edinho, colocando Lincoln e Fernandinho, mas o placar não se alterava. Aos 37, Bobô chegou a botar nas redes, de carrinho, mas estava impedido no cruzamento de Fernandinho.
A igualdade veio apenas aos 50 minutos, quando o zagueiro Klaus botou a mão na bola a dois passos da risca da grande área. Luan se redimiu da tarde ruim com uma cobrança perfeita, no ângulo, e diminuiu o prejuízo com o 2 a 2, placar final da partida.
Fonte:Correio do Povo

Ao Vivo - Rádio Carazinho