Greve dos bancários completa quatro semanas

5 de outubro de 2016

Tags:Brasil
Foto: Jackson Ciceri
A greve dos bancários completou quatro semanas nesta terça-feira (4), com 13.245 agências e 29 centros administrativos fechados, segundo balanço da Contraf-CUT (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro). Segundo o sindicato, o número representa uma adesão de 56% da categoria. No Rio Grande do Sul,  1.042 agências estão fechadas.
Na última negociação, a Fenaban (Federação dos Bancos) manteve os 7% de reajuste para este ano, mais abono de R$ 3.500, e 0,5% de aumento real para 2017. O Comando Nacional dos Bancários rejeitou a proposta.
Banrisul
A Fetrafi-RS e o SindBancários enviaram ofício na segunda-feira (3), à direção do Banrisul, solicitando a retomada imediata da negociação da pauta de reivindicações dos empregados do Banco. O objetivo do movimento sindical é agilizar o processo de negociação, estagnado desde o dia 2 de setembro, quando ocorreu a única reunião. “Assim que houver o desfecho da paralisação da categoria bancária, também queremos que no Banrisul seja possível definir um acordo sobre nossas reivindicações específicas”, destaca a diretora da Fetrafi-RS, Denise Corrêa.
Badesul
Os bancários do Badesul realizam assembleia nesta quarta-feira (5), no auditório da sede do banco, em Porto Alegre. Eles pretendem elaborar um plano de contingência e eleger uma comissão que para acompanhar o processo de recuperação do banco.A primeira chamada da assembleia é às 17h30min. A convocação para a assembleia é direcionada a todos os funcionários do banco, sindicalizados ou não.(O SUL)

Ao Vivo - Rádio Carazinho