Homem que fugiu da prisão pede para ser preso novamente por causa da crise econômica

28 de maio de 2016

Foto: Reprodução
Um homem, identificado apenas pelas iniciais L.A.S.H., 28 anos, estava foragido da penitenciária do Apanhador, em Caxias do Sul, desde 2014. Mas ele decidiu se entregar e alegou que a crise está tão grande que prefere estar na cadeia.
O homem, que já havia cumprido dois anos e 10 dias de sua pena por roubo, fugiu após sair da penitenciária no regime semi-aberto. Porém, decidiu aparecer na Central de Polícia de Araranguá, em Santa Catarina, para se entregar. “A crise está tão grande e feia que prefiro a cadeia do que a liberdade. Minha vida não está boa e pretendo terminar de pagar pelo meu crime e, depois, sair com a cabeça erguida”, afirmou.
Ele contou ao delegado Jorge Giraldi, coordenador da Divisão de Investigação Criminal de Araranguá, que estava morando com parentes que tinha por lá. De acordo com seu depoimento, ele teria fugido da cadeia porque estava recebendo ameaças de morte de outros presos. Afirmou também que não voltou a cometer outros crimes e ficou escondido na casa de familiares durante estes dois anos.(O SUL)

Ao Vivo - Rádio Carazinho