Inter perde para o Corinthians por 1 a 0 e chega a nove partidas sem vitórias no Brasileirão

1 de agosto de 2016

Foto: Ricardo Duarte
O Inter foi derrotado pelo Corinthians por 1 a 0, na tarde ensolarada deste domingo (31), em Porto Alegre, em clássico válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, a equipe vermelha soma 21 pontos e não vence há nove partidas. Foi a quarta derrota seguida em casa. Na quinta-feira (04), o time de Paulo Roberto Falcão visita o Cruzeiro, no Independência, às 21h. Já o Alvinegro tem 33 pontos na tabela e é o novo líder da competição.
Indignados com a péssima fase do Inter, os torcedores quebraram vários vidros da fachada externa do Beira-Rio depois do compromisso. A torcida não se intimidou nem com a ação da Brigada Militar. Aconteceram muitos protestos contra o presidente Vitório Piffero. Bombas de efeito moral foram lançadas. O vice de futebol Carlos Pellegrini pediu demissão no fim do jogo. Vitório Piffero afirmou que vai assumir o lugar de Pellegrini, exercendo simultaneamente a função com a presidência do clube.
O primeiro tempo colorado foi de dificuldades. Nico López não começou a partida por causa de problemas estomacais, e Falcão colocou Ariel no time. Ernando foi o lateral direito. Aos 17 minutos, Anselmo teve uma lesão no músculo posterior da coxa direita. O jogador saiu para a entrada de Jair.
Aos 24 minutos, Valdívia arrematou para a defesa de Cássio. Este foi o único lance de mais perigo do Inter diante do Alvinegro nesta etapa. A resposta dos adversários veio em instantes, com André tentando marcar o gol com a barriga depois de cruzamento de Romero aos 26min.
O gol corintiano saiu aos 41min, após Elias concluir de “chapa” para as redes. Foi de Romero o passe para o autor do tento.
Na saída para o intervalo, os torcedores vaiaram a equipe colorada.
Falcão colocou Sasha no lugar de Vitinho no intervalo, e Nico López no posto de Valdívia.
A 1 minuto, Ariel e Nico López perderam a chance de empatar ao se atrapalharem com a bola na frente de Cássio.
O Inter foi outro na etapa final, mas os corintianos também mantiveram os contra-ataques. Aos 40min, Romero recebeu livre na cara do goleiro e arrematou. Lomba salvou com a perna. Os últimos cinco minutos foram todos dos paulistas, que chegaram com perigo. Com o apito final, muitas vaias foram direcionadas para o time de Falcão.
Homenagens a Vacaria
O jogo teve homenagens ao ex-lateral Vacaria, que faleceu no sábado (30). O ex-jogador foi bicampeão brasileiro pelo Inter nos anos 1970 e conquistou seis Gauchões.
Inter (0): Marcelo Lomba; Ernando, Paulão, Leandro Almeida e Artur; Anselmo (Jair), Fabinho, Seijas e Valdívia (Nico López); Vitinho (Sasha) e Ariel. Técnico: Paulo Roberto Falcão.
Corinthians (1): Cássio; Fagner, Yago, Balbuena e Uendel; Bruno Henrique, Elias (Rodriguinho), Giovanni Augusto (Danilo) e Marquinhos Gabriel; Romero e André (Luciano). Técnico: Cristóvão Borges.
Local: Estádio Beira-Rio. Arbitragem: Elmo Alves Resende Cunha, com Bruno Raphael Pires (Fifa) e Leone Carvalho Rocha (trio goiano). Cartões amarelos: Ariel e Paulão (INT); André e Yago (COR). Gol: Elias (41min/1°T). Público total:  34.222. Renda: R$ 883.835,00.(O SUL)

Ao Vivo - Rádio Carazinho