Juventude segura empate com o Fortaleza e garante o acesso à Série B

10 de outubro de 2016


O Juventude está na Série B de 2017! Em um grande duelo, com a Arena Castelão lotada, o time do técnico Antônio Carlos segurou o empate em 1 a 1 com o Fortaleza e se garantiu na Segunda Divisão do Brasileirão. Hugo marcou o gol alviverde e Pio fez para o time cearense.
Como não poderia deixar de ser, o segundo duelo da decisão foi muito nervoso. Na primeira etapa, a marcação forte predominou. Os dois times esperavam o rival errar para criar as oportunidades em contra-ataques. Sem se amedrontar com a arena lotada, o Juventude tinha tranquilidade com a posse de bola e cedia poucas brechas.
Publicidade

A primeira chance clara foi dos donos da casa. Aos 18,Anselmo recebeu na direita da área, puxou para o meio e finalizou no canto, mas Elias se esticou todo para defender. O Ju respondeu aos 32. Felipe Lima tabelou com Roberson e chutou na rede pelo lado de fora. Cinco minutos depois, foi a vez de Hugo receber de Roberson e bater cruzado. Ricardo Berna desviou com aponta dos dedos e mandou para escanteio.Sem muitos espaços, os dois times tentavam explorar os lançamentos longos e os rebotes em frente à área. Aos 44, após o chutão de Elias, Hugo raspou de cabeça e Roberson finalizou para fora. Foi a última chegada da primeira etapa.
— Tivemos até mais chances que eles. Foi um bom primeiro tempo e vamos voltar para fazer o gol — avalia Pará.
E veio justamente dos pés de Pará o lançamento logo aos doisminutos da segunda etapa. O cruzamento foi preciso na cabeça de Hugo. Ocentroavante testou firme e não deu chances para Ricardo Berna: 1 a 0.
Com o gol, o nervosismo do Fortaleza só aumentou. O técnico Hemerson Maria fez mais duas modificações com 16 minutos, mas o Juventude tinha o controle das ações e evitava a pressão do Leão. O empate só viria em um lance esporádico. E foi assim que aconteceu.
Aos 21, falta frontal da intermediária e Pio soltou uma bomba. A bola passou pela barreira e Elias ficou batido: 1 a 1.
O gol incendiou a Arena Castelão. Aos 24, cruzamento da esquerda e Anselmo cabeceou no contrapé de Elias, que voou para fazer um milagre. Quando a pressão era intensa, Pará, do Juventude, e Juliano, do Fortaleza, acabaram expulsos.
O lance amenizou o calor da torcida cearense e o Juventude teve chance de matar o jogo com Roberson. Aos 33, o camisa 10 arrancou, driblou o zagueiro e tirou de cavadinha do goleiro Ricardo Berna. A bola passou rente à trave.
Na resposta do Fortaleza, Pio soltou outra bomba em cobrança de falta e Elias defendeu no cantinho. Nos 10 minutos finais, o Juventude apenas se defendeu, mas com extrema competência. Mesmo com toda pressão do time cearense, deu Verdão. Elias fez dois milagres e garantiu a vaga! (Pioneiro)

Ao Vivo - Rádio Carazinho