LULA PODE SE TORNAR ASSESSOR ESPECIAL DA PRESIDÊNCIA

24 de março de 2016

Foto: Banco de Dados
Jaques Wagner, chefe do Gabinete Pessoal da presidenta da República, Dilma Rousseff, disse nessa quarta-feira que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pode se tornar assessor especial da Presidência caso não consiga assumir a chefia da Casa Civil. Wagner, em entrevista à mídia estrangeira, criticou o impeachment de Dilma, dizendo que o ato significará um agravamento da crise econômica e não sua solução.
Na sexta-feira, o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes suspendeu, em decisão liminar, a nomeação de Lula para a pasta. Enquanto não pode assumir o cargo, o petista foi escalado pela presidenta a atuar como um ministro informal da Casa Civil, capitaneando a mobilização do governo federal para impedir o desembarque do PMDB na Esplanada dos Ministérios na próxima terça-feira.
Em meio ao imbróglio jurídico envolvendo o ex-chefe do Executivo e o deslocamento de Wagner para o gabinete da Presidência, a secretária-executiva Eva Chiavon chegou ao cargo com status de primeiro-ministro do Palácio do Planalto em uma situação de vácuo de poder.
Fonte:O SUL 

Ao Vivo - Rádio Carazinho