MULHER ENCONTRADA NUA PODE TER SIDO VÍTIMA DE ESTUPRO

30 de maio de 2016

Tags:Uruguaiana

As 7h10 da manhã sexta-feira (27) registrou uma ocorrência de um caso de lesão corporal e estupro contra uma mulher de 28 anos, mãe de um bebê de dois meses.  Na ocorrência a doméstica F.G. B disse que acordou na Santa Casa de Caridade e constatou que estava com vários hematomas e dores pelo corpo. Ela fora encontrada nua pela mãe na casa de seu ex-companheiro na Rua General Hipólito, bairro Tarragó, sem vestes em um quarto escuro. A mãe da vítima contou aos policiais militares que a filha havia sido convidada por ex-cunhados para um jantar na noite anterior. Um deles a convidou para manter relações sexuais com seu ex-marido e diante da negativa foi agredida não lembrando de mais nada do que acontecera. Vítima e suspeitos estão sendo ouvidos pela Delegacia da Mulher que investiga o caso.

A delegada titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) informou no sábado a reportagem do jornal DIÁRIO DA FRONTEIRA que a vítima, que apresentava escoriações nos cotovelos, foi ouvida pela polícia ainda na madrugada de sexta-feira. Caroline Huber revelou que a doméstica foi apresentada pela Brigada Militar e imediatamente tomou as providências para tomar depoimentos dela, da mãe e de parentes. A delegada disse ainda que a vítima foi encaminhada ao médico que deve concluir o laudo apontando se ela foi vítima de estupro. “É temerário falar que houve estupro”, ponderou. No depoimento à polícia F.G. B disse não lembrar o que aconteceu na casa do ex-companheiro, recorda apenas que havia bebido e suspeita que tenha sido dopada por alguma substância entorpecente.(Diário da Fronteira)


Ao Vivo - Rádio Carazinho