Phelps faz história com 22º ouro e Pereira luta, mas trava nos 200m medley

12 de agosto de 2016

Foto: Odd Andersen
Michael Phelps escreveu mais um capítulo glorioso na sua carreira ao se tornar o primeiro nadador da história a ganhar quatro vezes seguidas a mesma prova olímpica, os 200 metros medley. A vitória, com o 22º ouro, veio nesta quinta-feira, nos Jogos do Rio, levando seu total a 26 medalhas. O brasileiro Thiago Pereira, que, disputava a final pela quarta vez seguida, tentou a prova da vida, mas cansou no final e foi apenas sétimo.
Phelps venceu a prova com grande vantagem, ao completar a distância em 1min54s66, apenas 66 centésimos acima do seu recorde mundial. O japonês Kosuke Hagino ficou quase dois segundos atrás, garantindo a prata com o tempo de 1min56s61, e o chinês Sun Wang levou o bronze (1min57s05). O americano Ryan Lochte, que já conquistou duas pratas e um bronze nessa prova, ficou fora do pódio, em quinto lugar (1min57s47)
Thiago Pereira tinha uma ‘torcida organizada’ com amigos e familiares vestindo camisetas com a menção “Vai Thiago”, bordão criado por dona Rose, a mãe do atleta, que liderava a turma. Quando o nadador de Volta Redonda entrou na piscina, o barulho foi ensurdecedor. Classificado com o terceiro melhor tempo entre os semifinalistas, Thiago começou muito forte na prova, liderando nos primeiros 50 m, depois do nado borboleta, e mantendo o segundo lugar até os 150 metros, depois dos estilos costas e peito, mas desmoronou totalmente na hora do crawl.
Ele terminou a prova com 1min58s02, quase um segundo abaixo do seu tempo na semi (1min57s11), que teria colocado perto da briga pelo bronze. Medalhista de prata nos 400 metros medley nos Jogos de Londres 2012, Thiago sempre bateu na trave nos 200, sua prova predileta. Terminou em quinto em Atenas 2004, e em quarto em Pequim 2008 e Londres 2012.(Correio do Povo)

Ao Vivo - Rádio Carazinho