POLÍCIA PRENDE EM URUGUAIANA MAIS DOIS SUSPEITOS DE SEQUESTRAR IDOSO EM PORTO ALEGRE

4 de janeiro de 2017

Tags:Uruguaiana
A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, close-up
Foto:Rádio Gaúcha
A Polícia Civil prendeu na manhã desta quarta-feira (4), em Uruguaiana, mais dois suspeitos do sequestrar no início do mês passado o idoso Luís Carlos Protti, 75 anos, no bairro Bom Jesus, zona leste de Porto Alegre. Pedro Henrique Peralta, 30 anos, é investigado por ser responsável pela execução do crime. Também foi presa Taciana Lalesca, que já havia sido detida dias após o delito, mas solta pela Justiça. O caso completa um mês no próximo sábado.

O sequestro foi motivado por uma dívida de R$ 3 mil que Emanuel Nunes Correa, 26 anos, preso no mês passado, tinha com traficantes. A companheira dele também foi detida, ela foi a responsável por atrair a vítima no dia do sequestro. O idoso ainda segue desaparecido e os policiais têm a esperança que, com a prisão de Peralta na Fronteira-Oeste, ele seja localizado ainda nesta semana. Várias buscas foram feitas em possíveis cativeiros na Região Metropolitana, inclusive em um antigo depósito do Detran no bairro Vila Augusta, em Viamão.


A delegada de Uruguaiana, Caroline Huber, ao saber do paradeiro dos suspeitos na região, passou a investigar o caso e realizou várias buscas no município, inclusive nos feriados de Natal e de Ano-Novo. Após isso, o advogado do casal entrou em contato nesta semana com a Delegacia de Uruguaiana e combinou para hoje a apresentação dos dois, o que ocorreu nesta manhã. O suspeito preso hoje na Fronteira-Oeste, Pedro Henrique Peralta, já havia fugido de uma abordagem policial em dezembro. Desde outubro do ano passado, ele havia se apresentado oito vezes para a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) esperando vaga no regime semiaberto.

Segundo o delegado Marco Antônio Duarte de Souza, responsável pela investigação em Porto Alegre, todos os envolvidos no caso estão com prisão preventiva decretada. Uma quinta pessoa investigada por participar do crime responde em liberdade e os agentes ainda não descartam a participação de um sexto criminoso. A polícia da Capital comprovou que os sequestradores fizeram saques bancários e compras com cartões de Protti no valor aproximado de R$ 6 mil. Quem puder contribuir sobre a localização do idoso, pode ligar para os telefones (051) 3288-5515 e 3288-2400. Ou, pelo 197. A identidade de quem passar a informação será preservada.(Rádio Gaúcha)

Ao Vivo - Rádio Carazinho