PROFESSORES DA REDE ESTADUAL INICIAM GREVE

15 de março de 2016

Foto: Reprodução

Parte dos professores da rede estadual iniciaram greve nesta terça-feira (15). Conforme o CNTE (Confederação Nacional dos Educadores), a paralisação deve ocorrer até quinta-feira (17). A orientação é a de que, nestes dias, as escolas fechem as portas e educadores, pais, alunos e comunidade escolar participem dos atos que irão denunciar à população o desrespeito do governo Sartori com os educadores e a educação pública gaúcha.
A Greve Nacional dos Educadores reivindica os seguintes direitos: pelo cumprimento da Lei do Piso; contra a terceirização, contra a entrega das escolas às organizações sociais (OSs), contra o parcelamento dos salários, contra a militarização de escolas públicas, contra a reorganização das escolas.
A Secretaria de Educação do Estado, no entanto, divulgou um comunicado e orientou que os estudantes compareçam às aulas. “É fundamental que as aulas sejam mantidas regularmente, preservando o atendimento dos nossos estudantes, foco das maiores atenções de todo o sistema educacional. Os diretores devem garantir acesso dos professores e alunos às escolas. Eventuais ausências devem ser apontadas, conforme regem as normativas em vigor”, afirma a nota.
Na próxima sexta-feira (18), o Cpers-Sindicato realizará a Assembleia Geral da categoria, no Gigantinho (Av. Padre Cacique, 891, Praia de Belas, Porto Alegre). Nesse dia, professores e funcionários de escola de todo o Rio Grande do Sul irão definir os rumos da greve do Magistério gaúcho.
Fonte: Osul

Ao Vivo - Rádio Carazinho