Sartori afirma que vetará reajuste para servidores do Legislativo e do Judiciário aprovado pela Assembleia

19 de maio de 2016

Foto: Banco de Dados

O governador José Ivo Sartori afirmou, na manhã desta quarta-feira (18),  que vetará os projetos de lei que concedem aumento salarial de 8,13 % aos servidores do Poder Judiciário, da Defensoria Pública, da Procuradoria-Geral de Justiça, do Tribunal de Contas e do Legislativo. As propostas foram aprovadas na noite desta terça-feira (17) pela Assembleia Legislativa gaúcha.
“Comunico que vetarei os projetos de lei que concedem aumento a servidores do Judiciário e demais instituições”, escreveu Sartori no Twitter. “Entendo que a reposição pretendida é justa, mas inoportuna. Não está em sintonia com a profunda crise que vivemos”, explicou.
“Se não tenho condições de dar aumento para quem ganha menos, não posso sancionar aumento para quem ganha mais”, declarou. “Que este veto sirva de estímulo para a cooperação. Precisamos superar a crise juntos. Ela é do Estado, não só do Executivo”, concluiu Sartori.
O reajuste aprovado pelos deputados aumenta as despesas do governo, que enfrenta uma grave crise financeira. O impacto financeiro, somadas todas as folhas, chegará a cerca de R$ 194,5 milhões neste ano.
 Fonte: Osul

Ao Vivo - Rádio Carazinho