URUGUAIANA REGISTRA SALDO NEGATIVO NA GERAÇÃO DE VAGAS DE EMPREGO

4 de maio de 2016

Tags:Uruguaiana
Foto:Diário da Fronteira 

O fantasma do desemprego causa preocupação para entidades e lideranças sindicais de Uruguaiana. As políticas econômicas são apontadas como as principais causas sentidas em vários setores da economia do município. De janeiro até o dia dois deste mês, a agência da FGTAS/Sine realizou o encaminhamento de 980 pedidos de seguro-desemprego. O setor de prestação de serviço está sendo o mais afetado.



O diretor do Sine, Paulo Fossari disse à reportagem do DIÁRIO DA FRONTEIRA que a tendência é que o município atinja um saldo negativo acima de mil empregos com carteira assinada ainda este semestre, devido à falta de oportunidades no mercado de trabalho. Paulo revelou que as ofertas de emprego reduziram nos últimos meses em torno de 50%. Ele lembra que o órgão só dispõe há vários dias de apenas duas vagas em aberto para oferecer para um grande número de desempregados.  “A maioria dos encaminhamentos pertence ao setor de prestadores de serviços, principalmente da área do transporte internacional”, revela o diretor, acrescentando que as principais atividades econômicas do município estão trabalhando de forma retraída.

Fonte:Diário da Fronteira 

Ao Vivo - Rádio Carazinho