Primeiro Lamborghini Sián é de um brasileiro

29 de janeiro de 2021

Tags:Mundo

Ter um Lamborghini na garagem já é especial. Agora imagina ter o chassi número um do primeiro carro híbrido leve da história da marca italiana e o mais potente já feito para andar nas ruas? Esse é o privilégio do brasileiro Henrique Grossi. Após quase dois anos de espera, o empresário radicado em Londres (Inglaterra) finalmente recebeu o exclusivo superesportivo Siánd , de 839 cv. E tirou até fotos noturnas em cartões postais da capital inglesa…

O Lamborghini Sián terá apenas 63 unidades produzidas – três delas estarão na Inglaterra. Cada uma custa 3 milhões de libras – cerca de R$ 22,5 milhões em conversão direta. Grossi, que é casado com a bilionária Camila de Godoy Bueno, herdeira do Grupo Amil, ainda é apontado como proprietário de outro Sián, este para andar nas ruas de Miami (Estados Unidos), onde também possui residência.

O brasileiro ainda coleciona outras supermáquinas na garagem, como um McLaren Senna, Ferrari Portofino e Lamborghini Aventador S, além do jato particular Gulfstream G550, avaliado em mais de US$ 40 milhões e com capacidade para levar até oito passageiros.

O brasileiro ainda coleciona outras supermáquinas na garagem, como um McLaren Senna, Ferrari Portofino e Lamborghini Aventador S, além do jato particular Gulfstream G550, avaliado em mais de US$ 40 milhões e com capacidade para levar até oito passageiros. (AutoEsporte)

Ao Vivo - Rádio Carazinho