Sophia é a primeira bebê de 2019 em Porto Alegre

2 de janeiro de 2019

 Foto: Ricardo Giusti
A pequena Sophia Augustin Cardozo chegou ao mundo no primeiro minuto do dia 1º de janeiro de 2019, no Centro Obstétrico do Hospital Nossa Senhora da Conceição, na zona Norte de Porto Alegre. Após uma cesariana tranquila, conforme a mãe Francis Augustin Kokot, 26 anos, Sophia foi consagrada com o título de primeira bebê a nascer em hospitais da Capital este ano.
Às 40 semanas e dois dias de gestação, Francis enfrentou um longo trabalho de parto até que pudesse ter a filha nos braços. Conforme informações do plantão do Hospital, a menina nasceu com 49,5 cm e 3,170 kg. Francis e o companheiro Guilherme Adolfo Cardozo, 26 anos, passaram a virada do ano no Centro Obstétrico.
“Os familiares ligaram para o Hospital, queriam saber se nós estávamos aqui e tiveram a confirmação por volta das 18h”, contou Guilherme. A bolsa estourou às 7h da manhã do último dia de 2018, 31 de dezembro. “Foram umas 17h de trabalho de parto, quando rompeu eu já estava com contração, tive que vir para o hospital ao meio-dia”, disse Francis.
Mesmo que o parto tenha sido realizado em plena virada do ano, Francis disse que não conseguiu ouvir nenhum som dos fogos de artifício. “Não ouvi absolutamente nada, eu estava na partolândia”, brincou. Já na manhã do dia 1º de janeiro Sophia já estava bem alimentada. De acordo com Francis, ela chegou a mamar pelo menos quatro vezes. “Fácil não foi, nós ainda estamos aprendendo e nos adaptando”, contou. Segundo ela, que tinha o desejo de viver o parto humanizado, a equipe do Centro Obstétrico explicou que a cesariana era necessária por conta do encaixe da cabeça da nenê. “Ela estava mal encaixada, com a face para cima e porque eu tenho a bacia muito estreita, então ela não ia passar de jeito nenhum”, detalhou Francis.
A primeira filha do casal foi homenageada com o nome Sophia por conta de uma personagem interpretada pela atriz Penélope Cruz no filme Vanilla Sky, o preferido do papai Guilherme. “(O parto) Não foi humanizado como nós queríamos, mas foi muito especial. Acho que por ter sido na virada, toda a equipe vibrava, estava todo mundo feliz. Ela é a nossa estrela”, destacou Guilherme.
O Réveillon do casal foi diferente, mas ficará marcado. Não teve champagne, brinde, nem fogos de artifício, mas teve a primeira filha e muita emoção. Sophia nasceu na sala Iracema da nova ala do Centro Obstétrico do Hospital Nossa Senhora da Conceição. (Correio do Povo)

Ao Vivo - Rádio Carazinho